Só os ditadores saem pela porta de trás

Só os ditadores saem pela porta de trás

Em experiência em uma empresa conceituada no mercado, presenciei a saída de belo exemplar “chefe” à moda antiga. Tido por todos como um chefe ditador, aquele que sabe tudo e não conhece nada, e as ordens são dadas com muita arrogância e obedecidas com muito medo. Estava o mesmo a frente de um grande projeto que iria modificar por completo o seu setor ao mesmo tempo ganhando uma enorme força dentro da empresa. A medida que o projeto ia se construindo o ditador ia cada vez mais se inchando de poder e ostentação. Pouco antes da grande empreitada se materializar, e lembrando que o mundo é uma esfera logo dá muitas voltas, eis que surge um elemento imprevisto, o dono da empresa simplesmente retira todo o projeto da mão do mesmo e o transfere para uma outra pessoa, e ainda por cima dá início a obra planejada! Pude presenciar em loco a sua reação! Muito chateado e aborrecido e xingando todos vendo que perdera tanto poder e a admiração do chefe da empresa, simplesmente se retirou pela porta de trás! Saiu sem falar com ninguém deixando um grande suspense sobre o seu futuro como chefe. Tristeza dele, alegria de muitos! Como se fosse o próprio Kadafi deposto a alegria da sua “população” foi uma só! Em uníssono o setor exaltava a decisão tomada e a retirada do ditador! Fiquei pensando sobre essa experiência e pergunto: para que tanto tempo perdido com a arrogância? Para que tanto orgulho sustentado? Porque a grande falta de humildade? O poder de um ditador é idêntico a segurar areia nas mãos, por mais malabarismo que se faça o último grão irá cair uma hora ou outra. E assim foi.

Fiquei imaginando se ele tivesse tomada outras atitudes, tipo uma pessoa que escutasse a opinião dos seus colaboradores, ou pessoa que conversasse com todos e se esforçasse para ter empatia. Com certeza o sentimento do grupo com sua saída seria outro totalmente diferente! Pense nisso e não se iluda com o poder!

Abraços

SSR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *